Tecnologia

4 países que impuseram restrições ao Whatsapp em suas nações!

Por motivos diversos, alguns países resolveram proibir o aplicativo.

O Whatsapp é utilizado por muitas pessoas ao redor do mundo. No entanto, não é em todos os cantos do mundo que essa conexão ocorre livremente. Diversos países impõem restrições ao Whatsapp, alguns até mesmo banindo o aplicativo de vez das suas nações.

1. China

O bloqueio do WhatsApp na China faz parte de uma estratégia mais ampla de controle da internet conhecida como “Grande Firewall da China”. O governo chinês implementa severas restrições ao acesso a muitos serviços de internet estrangeiros para evitar a disseminação de informações que possam ser consideradas desfavoráveis ao regime ou que desafiem sua autoridade.

Ao invés do WhatsApp, muitos cidadãos chineses utilizam o WeChat, um aplicativo de mensagens local que cumpre funções similares, mas oferece às autoridades chinesas capacidades de vigilância e censura muito mais amplas.

2. Emirados Árabes Unidos

Nos Emirados Árabes Unidos, as restrições ao WhatsApp, especialmente suas funções de chamada de voz e vídeo, são parte de um esforço mais amplo para proteger as receitas das operadoras de telecomunicações locais. As chamadas de voz e vídeo pelo WhatsApp oferecem uma alternativa gratuita às chamadas tradicionais, o que poderia prejudicar significativamente os lucros dessas empresas. Consequentemente, o governo impõe restrições para limitar essa concorrência.

Veja:  A radiação do seu celular é segura? Veja a lista dos smartphones que mais emitiram em 2023!

3. Catar

O Catar segue uma política similar aos Emirados Árabes Unidos em termos de restrição aos serviços de VoIP como o WhatsApp. Essas restrições são justificadas tanto pelo controle sobre a comunicação quanto pela proteção dos interesses econômicos das telecomunicações locais.

4. Arábia Saudita

Até recentemente, a Arábia Saudita mantinha restrições severas sobre as funcionalidades de chamada de voz do WhatsApp, por razões que incluíam tanto a segurança quanto a proteção dos serviços de telecomunicações locais. Contudo, com o objetivo de modernizar o país e promover o crescimento econômico, essas restrições foram levantadas. Esta mudança faz parte de uma série de reformas que visam diversificar a economia do país, reduzir sua dependência do petróleo e melhorar a imagem internacional do reino.

Ele é co-fundador do nosso site e um verdadeiro visionário em tecnologia e marketing digital. Com formação em jornalismo há 4 anos, ele combina sua paixão por comunicação com vasta experiência em escrita de blogs para compartilhar dicas práticas do dia a…