Dicas e Truques

Mau Hálito: descubra as causas e como combatê-lo de vez

Mau hálito é um problema super comum, mas também super embaraçoso. Mas, a boa notícia é que ele tem solução!

Ter mau hálito (ou halitose) é um verdadeiro pesadelo para muitas pessoas, pois o cheiro é insuportável. Vamos desvendar as causas do mau hálito, como identificá-lo e, claro, as melhores formas de combatê-lo de vez.

Você sobre com o mau halito? Saiba que você não está sozinho! O mau hálito, também conhecido como halitose, é um problema super comum que afeta cerca de 40% da população mundial. Mas podes sair dessa lista dos 40%.

O que causa o mau hálito?

A principal causa do mau hálito é o acúmulo de bactérias na boca, que formam uma plaquinha amarelada nos dentes e na língua. Essas bactérias adoram os restos de comida na boca e liberam gases malcheirosos na sua digestão.

Temos também as doenças nas gengivas, cáries, aftas e outras infecções que também podem ser a causa do mau hálito. Outros hábitos, como fumar, beber, consumir alimentos com cheiro forte (como alho e cebola), podem contribuir.

Quais os tipos de mau hálito?

Assim como tem diversas causas, também tem diversos tipos de mau hálito, que pode se apresentar de diversas maneiras, e cada tipo pode dar pistas sobre a sua causa:

  • Mau hálito matinal: É comum sentir um hálito mais forte ao acordar, já que a produção de saliva diminui durante a noite. Mas se o hálito persistir depois da escovação, pode ser sinal de outros problemas.
  • Halitose Alimental: este é o mais comum, que é causada pelo consumo de alimentos específicos, como alho, cebola, café e álcool. Escovar os dentes é o suficiente para resolver o problemas
  • Mau hálito com cheiro de ovo podre: É comum em casos de doenças nas gengivas ou aftas.
Veja:  6 formas de Ganhar Dinheiro com o TikTok que você não conhecia

Como saber se tenho Mau Hálito

Existem alguns testes simples e caseiros que podem te ajudar a descobrir se você tem mau halito ou não. O mau hálito, também conhecido como halitose, pode ser identificado de algumas maneiras:

  • Teste no seu pulso: O teste mais simples: lamba seu pulso, espere alguns segundos e cheire. Se o cheiro não for dos melhores, é hora de tomar uma atitude e fazer o tratamento para o mau halito.
  • Feedback sincero de outras pessoas: pergunte a alguém de confiança, como um amigo ou familiar. Pode ser um pouco constrangedor, mas é a forma mais direta de ter uma resposta sincera.
  • Use o Fio dental: passe o fio dental entre os dentes e depois cheire. Se o odor for desagradável, é sinal de que há algo errado.

Chega de sofrer! Dicas para se livrar do mau hálito de vez

Agora que você já é um especialista sobre as causas do mau hálito, chegou a hora de colocar a mão na massa e dar um basta nesse problema! Veja como:

  • Higiene cucal constante: escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia, use fio dental e não esqueça de escovar a língua. Sim, a língua é um paraíso para as bactérias causadoras de mau hálito!
  • Hidratação do corpo: beba bastante água todos os dias para evitar ter a boca seca. A boca seca é uma das grandes vilãs do bom hálito. A água ajuda a produzir saliva, que é uma defesa natural contra bactérias.
  • Melhorar a alimentação: evite alimentos muito condimentados, alho e cebola em casos que não podes escovar de imediato depois de ingeri-los. Prefira alimentos ricos em fibras, que ajudam a limpar os dentes enquanto você mastiga.
  • Visitas ao Dentista constantes: sempre faça check-ups regulares. Às vezes, o problema pode ser mais profundo, como uma cárie ou doença gengival.
  • Enxaguantes Bucais: use enxaguantes bucais sem álcool, que ajudam a manter a boca fresca e limpa por mais tempo. Podes encontrar em mercados em diferentes marcas.
Veja:  5 estratégias infalíveis para lidar com pessoas tóxicas e proteger seu bem-estar!

Agora já sabes como combater o mau hálito, lembre-se: lave sua escova de dentes com frequência e troque-a a cada 3 meses.

Julia de Almeida é uma redatora de conteúdo criativa, com mais de 5 anos de experiência em escrita para sites. Ela tem uma habilidade única para adaptar seu estilo de escrita a diferentes públicos e temas diversos. Ela é especialista em criar artigos…