Estilo de vida

Quais os animais com maior longevidade?

Entenda os estudos científicos que buscam revelar os segredos da longevidade extrema.

Qual animal tem a maior expectativa de vida no nosso planeta? Apesar de ser um tópico fascinante, não é tão simples determinar qual espécie é a verdadeira campeã da longevidade. Existem animais cuja existência ultrapassa séculos, desde moluscos que parecem ter sido contemporâneos de Carlos V, peixes que nadavam durante a Revolução Francesa, até tartarugas que testemunharam a Segunda Guerra Mundial.

A ciência tem se dedicado a entender por que certas criaturas conseguem sobreviver tanto tempo. Pesquisas em biomedicina humana já destacaram a importância dos telômeros no envelhecimento. Paralelamente, biólogos sequenciam genomas de animais extremamente longevos, buscando genes que possam desvendar o mistério de suas vidas prolongadas, quase como um elixir da juventude.

Um estudo da UT Southwestern mostrou que a restrição calórica, especialmente quando alinhada ao ciclo circadiano ativo dos animais, pode aumentar significativamente a expectativa de vida. Este estudo descobriu que alimentar os animais apenas durante o período ativo resultou em um aumento de quase 35% na longevidade.

Estudos indicam que a taurina pode melhorar significativamente a saúde e prolongar a vida em modelos animais. Em um estudo recente, suplementação com taurina mostrou aumentar a expectativa de vida de camundongos em até 12%, além de melhorar uma série de parâmetros de saúde, como resistência à insulina e função imunológica.

Veja:  Viver de forma automática: Como parar com esse hábito?

Qual animal vive mais?

Recentemente, um achado espetacular chamou a atenção: um tubarão-da-Groenlândia foi encontrado nas águas próximas a Belize. Este animal, cuja idade é estimada em mais de 500 anos, já nadava nos oceanos quando Leonardo da Vinci pintava a Mona Lisa.

A presença deste gigante gelado em águas tropicais surpreendeu os cientistas e foi documentada por Devanshi Kasana, biólogo e doutorando da Florida International University, na revista Marine Biology. Ele descreveu o tubarão como uma “relíquia viva da pré-história”.

Além do tubarão-da-Groenlândia, outros animais se destacam pela notável longevidade. A amêijoa Ming, por exemplo, pode viver mais de 500 anos, enquanto a baleia-da-groenlândia, o mamífero mais antigo, tem uma expectativa de vida de aproximadamente 211 anos. Peixes como o Rockfish Rougheye e o Peixe-relógio do Atlântico também impressionam com suas longas vidas, ultrapassando facilmente um século.

Julia de Almeida é uma redatora de conteúdo criativa, com mais de 5 anos de experiência em escrita para sites. Ela tem uma habilidade única para adaptar seu estilo de escrita a diferentes públicos e temas diversos. Ela é especialista em criar artigos…